Header Ads

Diogo Cunha arrasa produção do Big Brother no caso Rui Pedro: “Estou desiludido”



Diogo Cunha, no diário do ‘Big Brother – A Revolução’, fez declarações polémicas sobre a forma como o programa tem sido conduzido e afirmou mesmo sentir-se “desiludido” com a produção do reality show pela forma como Rui Pedro tem sido protegido.

Tendo como tema de conversa o comportamento que Rui Pedro tem exibido ao longo das últimas semanas, em particular quando a agressividade do concorrente poderá ser vista como bullying, o comentador disse que passou a olhar para o reality show como «um laboratório» e que não esconde a desilusão que sente perante estas circunstâncias, ora veja

Continuar a ler

«Estou muito desiludido com o Big Brother. Há três semanas atrás, quando o Big Brother silenciou aquela agressão verbal, só favorece o agressor. Nunca favorece a vítima e isto eu aprendi há uns anos, quando fiz uma campanha para a APAV [Associação Portuguesa de Apoio à Vítima] pela eliminação da violência contra as mulheres», avançou o ex-concorrente do BB2020.

Sem rodeios, Diogo afirmou que, na sua opinião, o programa não está a agir corretamente: “O silêncio só protege o agressor, não protege a vítima, daí que tenha que ser a vítima a dizer que foi agredida. Mas há medos. E quando nós estamos dentro de um programa destes, em que o contexto é o que o Big Brother nos dá, é que somos chamados para o confessionário.”


Com tecnologia do Blogger.